sexta-feira, 29 de abril de 2011

Como funciona a internet wirelles nos meios de transporte?

Eu estava devendo essa postagem há um bom tempo.. Logo no início desse ano fui de férias para Santa Catarina (o quintal dos gaúchos!) e assim que o ônibus estaciona na rodoviária para o pessoal embarcar vejo a inscrição na lateral "Internet a bordo", nesse momento foi só alegria já que eu ia na teoria ficar a viagem toda (ida e volta) mais os dias na praia sem acessar a internet (meu plano de dados no celular é limitado e uso apenas para ler e responder emails). Assim que entrei no ônibus dei um jeito de configurar meu celular para acessar a internet, resultado: o relógio marcando 00:30h e eu no MSN na primeira poltrona superior do ônibus (andar de cima), dessa vez a viagem passou mais rápido!
Mas a final de contas, como funciona essa internet nos meios de transporte? 
Você pode achar que a internet deles é de alta tecnologia, mas gente, estamos falando de Brasil! então o sistema aqui é o mais simples possível, ou seja, os veículos recebem o sinal via modem 3G! (Por isso perdia a conexão em muitos pontos da viagem).
Dentro do ônibus, um roteador garante a redistribuição do sinal para os usuários, mediante senha e autenticação de acesso, estes dados de acesso ficam normalmente em uma folha presa à porta no lado de dentro do veículo, isso garante que pessoas que não sejam os passageiros não acessem a rede. 
Lembre-se de uma coisa: o sinal captado pelo modem 3g é distribuido entre todos aqueles que se conectarem dentro do veículo, ou seja, a internet é util apenas para aplicações simples, nada de ver vídeo no youtube, seu vídeo vai levar muito tempo para carregar, e até lá você já entrou em um ponto cego da estrada e perdeu a conexão..
Em aviões a segurança é a maior das preocupações, pois é preciso que essa conexão seja segura de forma que não venha a interferir nas comunicações da aeronave e garantir um voo tranquilo. Nas aeronaves dos EUA, a tecnologia por trás da internet  funciona mediante torres retransmissoras de sinal via satélite. A Gogo Inflight, uma das principais provedoras do gênero nos EUA, produziu até mesmo um vídeo que ilustra o processo.
Em pontos-chave do país, foram instaladas uma série de potentes torres retransmissoras de sinal. Juntas elas cobrem praticamente todo o mapa, fazendo com que todas as rotas de voo comerciais sejam contempladas, a busca dos pontos de acesso é similar à utilizada no seu smartphone. O sistema procura sempre o ponto de Wi-Fi com maior intensidade de sinal, transitando de um para outro sem requerer uma nova autenticação, o que garante internet estável.
Outros sistemas como o da OnAir também estão disponíveis para alguns voos da TAM no Brasil. Utilizando a rede GPRS (2.5G), o usuário se conecta à web e pode navegar tranquilamente. Contudo, ao menos no país, o serviço é tarifado (como sempre!) e é importante ficar atento ao custo para não ter surpresas na hora de fazer o check-in.

Um ponto que deve-se considerar no acesso à internet através da wifi de um onibus é a qualidade das estradas por onde você está trafegando, pois sabemos que a qualidade das estradas no país é péssima e os ônibus balançam muito, tome cuidado para não acabar perdendo o HD de seu notebook só porque você queria acessar o Twitter no meio do caminho!
Por hoje é isso pessoal, até a próxima.

Fonte:

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Arduino - documentário Completo

Há uns tempos atráz vi o vídeo do lançamento do documentário sobre arduino, e acabei esquecendo de quando ia ser lançado e como seria lançado, esta semana olhando no Google Videos algumas coisas sobre a plataforma eu encontrei o documentário completo, segue a baixo a versão com legendas em espanhol (assim posso "agradar Gregos e Troianos ao mesmo tempo"), o documentário tem duração de cerca de 28 minutos e vale a pena assistir, mostra como surgiu o Arduino e toda a história da plataforma que cresce mais a cada dia.

Até meados de 2009 eu nem tinha a intenção de mexer com a plataforma, talvez porque eu não conhecesse muito a respeito ou porque fosse caro demais aqui no Brasil, e também porque o fato de pensar em "microcontrolador" já me vinha na mente PIC e aquela maldita linguagem de programação em Assembly (da para trabalhar em C e Pascal, mas precisa mais recursos), o que me fazia dar um passo atráz. Mas lá por Maio ou Junho do mesmo ano começei a estudar a plataforma, me informar mais e começei a gostar cada vez mais, então lá por Novembro ou Dezembro não lembro ao certo, decidi comprar minha primeira placa (na verdade foi um Kit iniciante completo) gastei quase R$ 400 em apenas um mês, mas adquiri todo o kit iniciante, mais uma protoboard maior, alguns motores e outras peças e componentes (estes ultimos nas eletrônicas aqui na cidade), e desde então, não parei mais de estudar esta plataforma e mexer com ela. =)
Por hoje é só pessoal, até a próxima.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Robo Explorador - Atualizações

O robô explorador entrou em modo "Standby" por umas semanas, já faz umas 3 semanas quase que não montei/construí mais nada para ele, a última parte que terminei foi a placa de alimentação principal, ainda não veio para o blog por falta de vergonha na cara tempo. 
Na verdade não parei totalmente com os projetos, como parei com o robô explorador para "esfriar a cabeça", comecei a montar um projeto que tive a idéia uns tempos atrás e juntei as peças mas acabei encaixotando tudo e não mexi mais, agora ele está quase pronto, acredito que até semana que vem termino ele. Vai ser um robô autônomo havendo a possibilidade de usar ou não sensores e também vai poder ser operado pelo computador, isso porque vou adaptar o controle remoto do robô explorador para receber sinais do PC através da USB, assim conecto o controle na USB e o receptor neste robô (ou no próprio explorador) e poso controlá-lo por um software que ainda preciso terminar o desenvolvimento, tenho apenas uma parte dele pronta e falta eu adicionar aos botões da interface algumas teclas como atalho assim não preciso utilizar o mouse.
O principal é terminar o robô, o controle remoto e o software é outra história, ele vai ser menor que o robô explorador e praticamente toda a estrutura está pronta, falta só alguns detalhes e depois a pintura (e quem sabe um verniz para acabamento?!). 
Assim que eu terminar a montagem dele faço uma postagem no blog com todos os detalhes sobre o robô, por hoje é isso pessoal. Até a próxima.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Material de Webinar sobre USB

Hoje vou postar aqui o material em pdf, e o vídeo, da apresentação sobre USB do membro Ivenelson do fórum Lab de Garagem, para aqueles que não sabem a comunidade do Lab de Garagem faz regularmente algumas Webinar onde um membro da comunidade pode falar sobre algum assunto que tenha um maior conhecimento a fim de compartilhar informações com os demais participantes. 
As Webinars são patrocinadas pela e-Genial, com o sistema Treina TOM, e são ministradas normalmente às 8 da noite nas terças-feira, a webinar em questão é a de USB, e foi apresentada no dia 29/03/11 e contou com 127 membros, número máximo de vagas disponibilizados pela e-Genial para o evento.
A webinar foi gravada pelo próprio sistema (Treina TOM) e encontra-se disponível também no youtube, e você pode assistir logo abaixo.


E para quem quiser, pode fazer o download do pdf clicando na imagem a baixo.
E já adiantando, as próximas webnars que já estão agendadas são:
Assunto: EAGLE: Criação e confecção de placas de circuito impresso (parte 2)
29 de abril às 20h00
Garagista: Dalton

Assunto: Arduino
3 de maio às 20h00
Garagista: Radamés Ajna

Lembrando que o link para acesso à webinar fica disponível 1 hora antes do horário de ínicio da mesma, e as vagas para acesso são limitadas, então o negócio é chegar cedo :)
Por hoje é isso pessoal, até mais.