sábado, 18 de fevereiro de 2012

Need For Speed World - Mais screens

Bom pessoal, na outra postagem sobre o jogo eu coloquei algumas screens para o pessoal, agora vou postar mais algumas, mas dessa vez em alta definição, coloquei  jogo a rodar na minha máquina com as configurações máximas, e funcionou sem problemas :) 
Para ver em tamanho máximo clique nas imagens, ok?!
Primeira imagem (como diria a bruxinha do pica-pau.. "e lá vamos nós"):
Segunda imagem (nas palavra de Buzz Lightyear, "ao infinito, e além"):
Terceira imagem: uma em corrida (eu ganhei a corrida, mesmo usando uma das mãos para dar o printscreem):
Quarta imagem: (essa foi um "pouso forçado", e também avancei o sinal vermelho... :p):
No momento estou utilizando a última como papel de parede... hehehe
Assim que eu jogar com mais tempo posto mais algumas screens, estou aproveitando o final das férias para isso, bom, acho que as próximas serão Left for Dead 2 ou Killing Floor.. de qualquer forma, vai ter sangue, aguardem...
Abraço e até a próxima.

Partes do robô

Semana passada dei uma geral no robô, principalmente uma alteração na forma de fixar o eixo dianteiro, agora preciso pintar novamente toda a estrutura, mas a tinta em spray acabou, então vai ficar apenas para a próxima semana.
Aproveitando a ocasião em que todas as peças eletrônicas estavam fora da estrutura, coloquei todas juntas para uma foto (cliquem nela para ampliar):
Temos nessa imagem:
- Transmissão dupla com os motores Mabuchi;
- Interruptor da parte lógica (ao lado direito da transmissão);
- Módulo de comunicação com o computador (caixa preta ao lado direito do interruptor da parte lógica);
- CPU, falei mais sobre ela nesse post;
- LEDs de iluminação frontal;
- 2 Sistemas no padrão Futaba para acionamento dos LEDs e do Cooler da Ponte-H;
- Ponte-H (com um cooler sobre o circuito);
- Micro Servo da direção;
- Pack de bateria da parte lógica;
- Suporte de pilhas para os motores;
Ainda tenho a intenção de colocar uma bateria LiPo ou Li-ion única que fornece energia para todo o robô e que dê uma autonomia melhor, mas para isso vou ter que mudar a estrutura e também a parte elétrica do mesmo.
Assim que eu pintar o chassi coloco umas fotos dele por aqui.
Por hoje é isso, abraço e até a próxima.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Customizando a IDE do seu Arduino

Cansado das mesmas cores da interface de desenvolvimento (IDE) do Arduino? Pois, a postagem de hoje é para ajudar você a deixar a IDE de desenvolvimento do Arduino do seu jeito. Primeiro uma imagem "original" da IDE:
E agora uma imagem de como vamos deixar com estas simples alterações:
Para deixar assim precisamos alterar apenas 3 parâmetros no arquivo de configuração da interface, ele está localizado na pasta: C:\arduino-1.0\lib\theme o arquivo que precisamos alterar é o "theme.txt", abra esse arquivo no Notepad++ para ficar mais fácil a edição, um lembrete: todos os valores estão em hexadecimal.
Primeiro procure pela linha "editor.fgcolor" essa linha passa o parâmetro de cor de "foreground" (primeiro plano), ou seja, os parenteses das funções, e os valores dentro deles (como no delay), o ponto-e-virgula, etc, por padrão o valor é "#000000" (preto) no meu caso alterei para branco (#FFFFFF).
Na linha a baixo temos "editor.bgcolor" que passa o parâmetro de cor de "background" (cor de fundo), o padrão é "#FFFFFF" (branco) e eu alterei para preto (#000000) - sim, só inverti os parâmetros!
Depois a terceira mudança é a cor do cursor, para isso procure pela linha "editor.caret.color" nesse caso o valor padrão é "#333300" e eu alterei para vermelho (#FF0000). 
Se você não souber as cores em Hexadecimal pode olhar nessa página, escolha a cor desejada e coloque o código correto no arquivo TXT do Arduino. Para que você veja as alterações terem efeito você deve fechar o ambiente de desenvolvimento e abrir novamente, ou apenas abrir caso ele esteja fechado.
Nesse arquivo há todas as configurações de cores da interface, tudo em inglês, mas muito simples de entender, se não estiver seguro, faça uma cópia do arquivo, o máximo de problemas que pode ocorrer é a interface abrir como se fosse uma maldita foto do "Restart" -totalmente colorida-.
Antes de terminar, uma imagem de como é a minha interface:
Legal né?? Um tema bem "dark" :)
Bom, por hoje é isso pessoal, modifiquem as cores e testem novas combinações, vale a pena dar uma alterada na aparência do programa, assim você não cansa da mesma cor sempre.
Abraço, e até a próxima.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Erro WProgram.h não encontrado no Arduino 1.0

Bom pessoal, hoje venho postar sobre uma coisa que aconteceu comigo depois que atualizei a IDE de desenvolvimento do Arduino para a Versão 1.0. O fato é que tentei recompilar um dos códigos na nova versão e o que aconteceu foi que começou a dar um erro de não encontrar a biblioteca "WProgram.h", como na imagem a baixo:
Como não tinha a menor idéia do que estava acontecendo tentei o mais óbvio: baixar as bibliotecas na versão mais atual, mas não adiantou, pois não tinha nenhuma modificação entre a versão que eu estava usando e a versão para download, então fui para o Google!
Encontrei esse link que fala sobre o problema, o que acontece é que o Arduino mudou as bibliotecas ao que parece, então o jeito e dar alterada na bilioteca, para isso, usando o Notepad++, abra o arquivo com a extensão .cpp que está dentro da pasta da biblioteca que você está utilizando, nesse caso estou utilizando a biblioteca RTC, então o caminho é: C:\arduino-1.0\libraries\RTClib\RTClib.cpp
Com o arquivo aberto no Notepad++ é possivel ver na sétima linha que ele "chama" essa biblioteca, veja a seguir:
 Exatamente na linha 7 e coluna 22 (onde termina com o '>') como na mensagem de erro do Arduino diz (aquele ":7:22" antes do "error"), então, o que fazer agora??
Simples, você deve alterar o código removendo aquele include e colocando um laço condicional:
#if defined(ARDUINO) && ARDUINO >= 100
 #include "Arduino.h"
 #else
 #include "WProgram.h"
 #endif
Esse laço condicional diz ao programa para usar a biblioteca "Arduino.h" (que fica na pasta "C:\arduino-1.0\hardware\arduino\cores\arduino") se a versão do arquivo for maior que 100 (a nossa versão 1.00) senão ele utiliza a biblioteca antiga. 
E assim ficaria o nosso código alterado:
Depois disso é só salvar o arquivo e mandar compilar o código novamente, e o resultado será:
Pronto! Problema resolvido e código funcionando novamente.
Abraço a todos e até a próxima.

Fonte: